Nas ondas do rádio

radios-09

Nas ondas do Rádio

on_air_sign_flash_md_wht

O rádio foi um dos mais importantes meios de comunicação em minha formação de cidadão e profissional. A cidadania me parece que começa quando nós somos conscientemente inseridos no meio social em que vivemos, e a minha leitura deste meio social veio, certamente, através do rádio, que era o veículo de comunicação de maior acesso em minha infância e adolescência.

Através do rádio eu tinha contato com a realidade do dia-a-dia , o cotidiano, muitas vezes violento da cidade, com a fantasia das novelas do rádio e com os programas de auditório e humorísticos . E com o mais importante e fantástico meio formador e educacional para um indivíduo: o Esporte, principalmente o Futebol. Foi através do rádio que o Futebol e o Basquetebol entraram em minha vida, ouvindo e torcendo pelos grandes ídolos desses esportes.

Vivemos um momento de crescente modernidade e novidades. No que se refere às novas tecnologias de informação, a velocidade com que surgem novos e maravilhosos veículos transmissores de cultura, entretenimento e lazer é enorme. O rádio possui ainda um espaço neste disputado meio, logicamente que menos atrativo, mas ainda muito veloz e produtivo. Cabe aos profissionais, interessados em trabalhar o rádio como meio de transmissão cultural e educacional, usarem de criatividade e força de vontade, para que o seu uso e interesse  voltem a crescer.

imagesghfhdfh

A escola e os gestores da Educação, atualmente, pouco ou quase nada têm valorizado o rádio. Os investimentos e a sua inserção no meio escolar é muito pequena. O desinteresse dos alunos e professores vem desta falta de investimento neste poderoso meio de comunicação.

Eu vejo um potencial enorme no rádio como um veículo que ainda poderá render muitos projetos criativos e úteis para o processo de ensino e aprendizagem nas unidades escolares em nosso país. Sem querer ser redundante, para que isso aconteça, precisamos, com urgência, é de estímulo, muita formação, recursos materiais e financeiros.

CAUROSA37924vd13

Anúncios

13 Respostas

  1. Um texto muito pertinente e coerente com a realidade.

    Não peguei muito a influência do rádio. Tem horas que não sei se escutei novela em rádio, ou se a lembrança é de tanto que minha mãe falava.

    Penso que naquela época as pessoas desenvolviam mais o pensamento, a imaginação, a criatividade.

    Um dia desses assisti uma palestra onde o palestrante falava dos encantos dessa época, representando as novelas, os reclames que fizeram sucesso.

    E tenho uma foto de um rádio antigo, que adoro.

    abraços, ótimo final de semana.

  2. Caurosa, é incontestável a magia do rádio. Minha imaginação voava com ‘Jerônimo, o herói do sertão’ e que tais. Estou certa de que vem dali a minha vontade de viajar com as palavras…

    Na escola onde lecionei, há uma rádio que, nos recreios, dirige-se aos alunos. Os do ensino médio elaboram os próprios programas, claro que acompanhados pelo corpo docente. Os recreios ficam culturalmente menos ‘vazios’.
    Durante o horário letivo, previamente avisados os professores, ele também faz inserções.

    Enfim, vale divulgar a idéia, lembrando que privilegiar o conteúdo é primordial. Ter por ter o rádio e ouvir sandices, como de hábito, melhor não tê-lo. Caurosa na locução!!!

    Abraços e valeu o post!

  3. Meu gentil amigo de sempre (graças a Deus) o rádio não foi, é, pra mim até hoje. Em tudo que faço em casa, no trabalho e na leitura. Aqui ouço muito a CBN, Jovem Pan e Bandeirantes e te garanto fico bem informado. Nada irá substituir o radio, nem mesmo a TV. Gostei do tema da tua postagem!
    Abraço amigo bem forte. Seja feliz e com saúde

  4. Meu fiel escudeiro Caurosa,
    o rádio é meu companheiro todas as manhãs. Café-da-manhã sem o Heródoto não é café-da-manhã…
    Beijos,
    Tati.

  5. ________________________________________

    …sim! Cresci sob a influência dos programas de rádio e sei bem do que você fala…

    Ainda lembro do meu avô, à tardinha, ouvindo
    ” Jerônimo, o herói do sertão” e depois a ” Hora do Brasil”, enquanto as mulheres esperavam ansiosas pelo próximo capítulo de ” Uma voz ao longe”, na Radio Nacional.

    Melhores ou piores tempos? Não sei…Sei apenas que nos tempos idos, tudo era saboreado com mais atenção…

    Adorei seu texto!

    Beijos de luz e o meu carinho…

    Zélia

    ______________________________________

  6. O rádio é bom, mas hoje em dia ele esta bem diferente msm, relamente este tipos de programa de auditório nem rola mais no rádio, hoje em dia a programação não é mais legal omo antes também, eu dia que as rádios estão “ecléticas” demais, antes vc colocava em uma determinada radio para ouvi só aquele tipo de música, mas agora vc coloca em uma radio e passa um moonte de músicas de estilos diferentes, tem dias que isso é bom, mas tem dia que é um saco…será que deu para me entender??
    Quando eu fazia ensino médio, resolveram colocar uma rádio na escola, mas o barulho do recreio na deixava a gente escutar nada, e o pessoal que comandava a rádio gostava de pop rock, e só tocava isso, então os pagodeiros começaram a se revoltar e praticamente montaram uma “escola de samba” no recreio, deu várias confusões….até na rádio precisa de democracia neh? Apesar que o pop rock estava bom demais!.

    beijos

  7. Obrigada pela carinhosa visita…

    Pode ter certeza que agradeço a Deus, pelos amigos/as que são a minha maior alegria e força positiva…

    Como diz a canção: “Mesmo que que a vida tenha sido tão difícil… Você aquece meu coração e te tenho ao meu lado em todos os momentos… ”

    Mesmo “Virtual” mas tenho! E isso é muito importante para mim… acredite que seu carinho me ajuda a ultrapassar barreiras…

    Os amigos formam na minha vida um belo Jardim em Flôr… Sendo sempre regado com amor e amizade, carinho e lealdade…

    Pois você é leal com meu Jardim mesmo na minha na minha ausência rega com o calor do seu afeto e respeita meu silêncio e minha dor, sempre a me visitar..
    Alegra a “Rosa Amiga”!

    Tenho te seguido em silêncio…
    Um forte abraço e muitos beijinhos
    da rosa amiga
    Iana!!! 🙂

  8. Meu Querido Amigo do Coração

    Somente tu podias lembrar de algo tão importante de todos nós até 195… quando chegou a TV aqui no sul… Somente ele nos ligava com o mundo… as noticias chegavam meio atrasadinhas… mas vinham… risos…
    Musicas… musicas… ao som delas escrevíamos cartas… poesias… sonhávamos…
    Lembrança maravilhosa… me fizeste reviver um tempo doce… minha juventude…

    Bjs.

  9. Carlos,

    Uau quantas viagens inesqueciveis faziamos atraves do radio, as noticias, os recados, as musicais, telenovelas enfim, Voce trouxe novamente uma boa dosagem de saudade que muitas vezes ja esta arrumada no sitio das boas lembranças, parabens por ir buscar um tema que pouquissimos se lembra,na verdade voce homenageou as radios.

    desejo a voce meu caro um domingo de paz .

    abraço!

  10. adoro ouvir radio, faz-me companhia quando trabalho

    Jokas

    Paula

  11. Cau,

    minha mãe tem 76 anos é ligada ao rádio dia e noite rsrs. E assim sabe notícias bem mais rapidamente e possui assunto para tudo. O alcance do rádio nas pequenas cidades ainda é muito grande e valorizado. Adoro rádio, especialmente as do interior. Os outros meios de comunicação não atendem os interesses das sociedades em todas as cidades brasileiras. Lá está o rádio, que entra em todas as casas.

    Beijos!

  12. Obrigada pela visita! Será sempre bem vindo por aki… volte mais vezes…

    Bjus!

    =)

  13. Querido Caurosa,
    seu post me lembrou uma peça que asssiti em BH no primeiro ano de faculdade: “A era do rádio”. Eram quatro horas de espetáculo contando a história do rádio no Brasil. Uma delícia.
    Também sinto o rádio meio desvalorizado. Eu também desvalorizo, já faz tempo que não paro pra ouvir. E olha que aqui no interior o rádio ainda tem uma força enorme.
    Gostei demais de ler você hoje.
    Bjo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: